Pesquisa e Tecnologias

Vídeo – Café Filosófico: O Poder da Tecnologia

Webquest sobre blogues: https://blogwebquest.wordpress.com/

 

 

 

 

 

Como você se organiza para estudar?

Olá Pessoal!!eu

Fiz um trabalho muito bacana de formação com estudantes do primeiro ano do Ensino Médio sobre como qualificar seu tempo de estudo… com algumas sugestões para organizar uma agenda, o local e o material de estudo… segue uma cópia da apresentação em .odp e licença Creative Commons.

Material sobre Interdiciplinaridade!

111

Segundo a proposta de reestruturação do Ensino Médio do Estado do Rio Grande do Sul:O trabalho interdisciplinar, como estratégia metodológica, viabiliza o estudo de temáticas transversalizadas, o qual alia a teoria e prática, tendo sua concretude por meio de ações pedagógicas integradoras. Tem como objetivo, numa visão dialética, integrar as áreas de conhecimento e o mundo do trabalho.

Vídeos:

Interdisciplinaridade e Transversalidadeda da univesptv:


Profa Dra Ivani Fazenda – Sua trajetória na educação

Leitura de apoio:

CARLOS. Jairo Gonçalves. Interdisciplinaridade no Ensino Médio: desafios epotencialidades. Dissertação de Mestrado.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridade e Transdisciplinaridade na Formação de professores. Revista Brasileira de Docência, Ensino e Pesquisa em Administração. V. 1, No. 1, São Paulo, 2009.

Outros sites:

GEPI- Grupo de Estudo e pesquisa em Interdisciplinaridade

Inscrições abertas para o EVIDOSOL (Online e gratuito) com envio de artigo até 20/03/15

Evidosol_cartaz_2015

O grupo Texto Livre convida a todos para o XII Encontro Virtual de Documentação em Software Livre (EVIDOSOL) e IX Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia online (CILTEC-online), a ocorrer de 01 a 03 de junho de 2015, com o apoio da Faculdade de Letras/UFMG, UFTM, Kósmos/UFSM e Uniube.

Além de conferências e mesas, o evento, inteiramente online, selecionará propostas a serem apresentadas em IRC (chat) ou em Fóruns, cujas inscrições podem ser feitas de acordo com o calendário:

Submissão de propostas (artigo completo): de 17/02 a 20/03/15;

Inscrição sem envio de propostas: de 17/02 a 01/06/15.

As propostas, em português, espanhol, inglês ou italiano, deverão se adequar às seguintes trilhas ou eixos temáticos: Linguagem e Tecnologia, Produção Textual no Computador, Divulgação de Software Livre, Documentação em Software Livre, Hipertexto, Jornalismo na Internet, Blogs e Wikis, Ensino na Internet, Comunidades Virtuais, Inclusão Digital e Cultura Livre.

Inscrições, tanto para submissão de propostas (artigos) quanto como “ouvintes”, podem ser feitas no mesmo sistema, pelo linkinscrições“. Pedimos que leiam atentamente as instruções para submissão de proposta. Maiores detalhes estão disponíveis no menu do site oficial do evento: http://evidosol.textolivre.org/

Obs.: não é cobrada taxa de inscrição e todos os participantes terão direito a certificados.

Convocatoria (Español)

Call for papers (English)

Chiamata (Italiano)

Atenciosamente,
Organização do Evidosol/Ciltec-online
http://evidosol.textolivre.org/

TCC: Afetividade nas Relações Interpessoais entre Tutores e Estudantes na Educação a Distância

educação a distância

Jonara apresentando a sua pesquisa

educação a distância

Valmor, Jonara e eu.

                                                                                        A  defesa do Trabalho de Conclusão de Curso intitulado: “Afetividade nas Relações Interpessoais entre Tutores e Estudantes na Educação a Distância” da minha amada orientanda Jonara Rossato, aconteceu no final de dezembro. O objetivo da pesquisa foi analisar o desenvolvimento de afetividade entre tutores e alunos na Educação a Distância, considerando a afetividade como fator inerente ao processo de ensino e aprendizagem dos sujeitos. Participou da banca o Professor Valmor Scott Junior, que além de meu amigo é um exelente profissional e vem pesquisando sobre afetividade e educação, podendo assim qualificar a pesquisa da Jonara.

Com os aulas presenciais + aulas a distância + tese + materninade… tinha decidido não orientar nenhum TCC esse ano. Mudei de ideia quando a Jonara veio me procurar… Não consegui dizer não. A Jonara foi minha orientanda de estágio na Educação Infantil, fez parte de uma turma que me marcou muito. Sempre muito agitada, nervosa mas também muito dedicada, organizada e comprometida.

Perceber que você pode colaborar com a aprendizagem de outras pessoas é maravilhoso, acompalhar o crescimento de uma aluna de perto, perceber o quanto ela é capaz e acompanhar isso por um tempo motiva muito o trabalho docente. Foi uma experiência ótima!

Circuito Musical – Disciplina de Didática do Curso de Licenciatura em Música

DSC_0466
Sempre penso em escrever mas termino deixando para depois e depois nunca chega, então vamos lá. Já tive muitas surpresas nesses quatorze anos como professora, da Educação Infantil ao Ensino Superior. Sou Licenciada em Pedagogia e já dei aula de Informática por oito anos, trabalho com formação de professores das escolas estaduais, já orientei estágio na Educação Infantil, agora oriento estágio na Educação Profissional e Tecnológica…

Mas esse semestre tive uma nova surpresa quando recebi o seguinte e-mail: Prezada professora, Estamos encaminhando, via anexo, a retificação do seu quadro de horário onde fora acrescentada a disciplina MEN1137 referente ao Curso 734 – Música.

Na hora que olhei pensei que era engano. Música? Eu não sei nada de música , tenho um ritmo próprio e sou proibida de cantar até pelos meus amigos… Eu amo música, escrevo escutando música, música ao vivo com cerveja me faz muito bem, mas dai a dar aula no Curso de Música. Não tem nada que eu possa fazer por lá, pensei.
Quando abri o anexo vi que estava certo o horário, era a disciplina de Didática no Curso de Licenciatura em Música, olhei o programa da disciplina, quase igual as outras disciplinas de Didática que já tinha trabalhado no Curso de Pedagogia e no Curso de Formação de Professores.
Eu gosto de Didática, na verdade aprendi a gostar trabalhando com ela. Ver a diferença entre metodologia e  métodos, os recursos, o planejamento… é apaixonante perceber como tudo está entrelaçado, a ligação e a importância dos saberes para elaborar um planejamento. Isso a Didática nos oferece!
Com as outras turmas que trabalhei nessa disciplina sempre fazíamos um planejamento, um plano de aula ou uma sequência didática para uma turma ou uma área do conhecimento.
Mas com o decorrer da disciplina além de aprender muito com essa turma. As músicas agora são bem elaboradas ou não, os planos de aula ganharam um novo item, o repertório. Isso sem falar na percepção, na escuta sensível que eles tem, cada a seu modo e no seu tempo.
DSC_0109

Alunos da disciplina de Didática do Curso de Licenciatura em Música da UFSM.

Foi nesse caminho que surgiu a ideia de desenvolver o planejamento na escola. Considerando as especificidades do ensino de música, organizamos um Circuito Musical. Essa atividade prática tinha o objetivo de proporcionar aos estudantes dos anos iniciais de uma escola pública de Santa Maria uma vivência musical, buscando desenvolver o gosto pela música.

A turma foi organizada em duplas ou trios para elaborar o planejamento de atividade, tipo uma oficina de 20 minutos para alunos dos anos iniciais. Cada dupla/trio escolheu uma atividade que tivesse mais afinidade com a proposta/músicas/instrumentos.
Entramos em contato com a Escola Municipal Santa Helena, que nos recebeu de braços abertos.
Ao todo foram cinco oficinas acontecendo ao mesmo tempo, com cinco grupos de alunos, onde todos os grupos participaram de todas as oficinas, no formato de um circuito. As atividades foram:
DSC_0264

Jogo de copos – Raquel e Carolin

Jogo de Mãos – Mari e Marineia

 

DSC_0369

Prática Musical – Jade, Jeancarlo e Daniel

DSC_0817

Percussão corporal – Emerson, Miguel e Clauson

A música oferece inúmeras possibilidades, desde os saberes que são próprios do ensino de música, e outros como linguagem, expressão corporal, matemática…  Atenção, percepção, concentração ultrapassam as aulas de músicas e refletem no processo de ensino aprendizagem como um todo.
Foi uma tarde de olhos atentos e sorrisos abertos.

Meu primeiro livro!!!

image description

Já faz alguns dias que chegaram da editora os meus exemplares, ficou uma lindeza. E isso me deixou feliz comigo, tanto pelo resultado como por ter concluindo todo o processo.

Essa publicação é a minha dissertação de mestrado em formato de livro, queria ter modificado algumas coisas, mas já tinha passado um tempo e se não fizesse agora não faria mais.

A ideia do livro sempre me agradou além de pontuar bastante no currículo. Considerando o quando se gasta num evento, não estou falando que eventos não são importante, adoro eventos, mas estamos mais acostumados a gastar com eventos e não com publicação de livros.

As publicações e quanto elas pontuam no currículo e no ego de cada pesquisador muda bastante conforme a área do conhecimento. A Capes tem um sistema de classificação da produção intelectual que você pode conferir aqui.

O meu primeiro passo foi verificar nos editais de concurso e fomento para pesquisa o que precisa ter um livro pra ser pontuado, depois comecei a pesquisar editoras.

Escolhi a editora por um conjunto de informações, referências de amigos que já tinham publicado antes, orçamento, conselho editorial e um fator que pra mim é muito importante a qualidade do atendimento. Fui bem atendida durante todo o processo de edição, os contatos foram todos por e-mail e sempre tive respostas para eventuais dúvidas.

Quem fez o prefácio do livro foi a minha orientadora do mestrado, que me acompanhou durante o desenvolvimento da pesquisa e conhecia todo o trabalho. Adorei a escrita dela. O sumário e o prefácio do livro estão disponíveis no site da editora, aqui.

Outra experiência bacana são os capítulos de livros que são organizados por temáticas, fruto de eventos e pesquisas… mas esse assunto fica para uma próxima postagem.