Material para aula sobre Mapas Conceituais

mindmap-2123973_960_720

Mapas Conceituais são recursos que oportunizam atividades baseadas em aprendizagem significativa. Ajudam a reorganizar o pensamento, estimulam a criatividade e mobilizam saberes de modos não lineares.

Vídeos

Uso de Mapas Conceituais como Ferramenta de Aprendizagem do curso de Especialização em Informática na Educação – CEAD/IFES.

Assista a aula de Psicologia da Aprendizagem – O que são mapas conceituais

Entenda as diferenças entre mapas mentais e mapas conceituais

Saiba mais sobre mapas conceituais: 

Revista Nova Escola: David Ausubel e a aprendizagem significativa

Artigo: Mapas conceituais e aprendizagem significativa – Marco Antonio Moreira

Tutorial sobre CMapTools: http://penta3.ufrgs.br/tutoriais/Tutoria-CmapToolsV5/conteudo.htm

Sobre Mapas Conceituais: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mapa_conceitual

Sobre Mapas Mentais:http://pt.wikipedia.org/wiki/Mapa_mental

Possibilidades de Mapas Conceituais

Os Mapas Conceituais são representações gráficas que possibilitam a organização de conceitos com uma rede de proposições. Temos uma diversidade de Softwares e Sites que permitem a elaboração de Mapas Conceituais. Contudo, os Mapas Conceituais podem ser elaborados no papel, como no exemplo que segue. É importante você identificar qual modo você se indentifica e produz melhor.


10661771_10204683284944850_7115218500574853900_o
Mapa Conceitual feito em aula, pelos alunos do Programa Especial de Graduação para a Educação Profissional.

Saiba mais sobre o CmapTools

O CmapTools é um software que permite o mapeamento de conceitos, permitindo a elaboração de mapas conceituais. O software foi desenvolvido pelo Institute for Human Machine Cognition da University of West Florida, com a supervisão do Dr. Alberto J. Cañas (CABRAL, 2003). O CmapTools é uma entre muitas outras possibilidades de softwares para criação de mapas conceituais, tais como: Nestor, Mindmanager, Mindmeister, Mindomo, entre outros. Segundo Miranda e  Morais (2003, p. 3102):

O CmapTools é uma ferramenta fácil de usar, com um simples clique obtém-se a representação de um conceito e com as operações de “arrastar e soltar” obtêm-se as ligações entre os conceitos. Ainda, com estas operações é possível fazer alterações, mudando o aspecto visual do mapa conceptual, alterando a estrutura, acrescentando ou eliminando relações ou criando ligações cruzadas.

O software é intuitivo e oferece recursos gráficos que facilitam a criação de mapas individuais e em grupo. O CmapTools, entre as suas funcionalidades: “[…] permite ao usuário fazer links com fontes (fotos, imagens, gráficos, vídeos, mapas, tabelas, textos, páginas de internet ou outros mapas conceituais) localizadas em qualquer parte da internet ou em arquivos pessoais a conceitos […] (NOVAK, CAÑAS, 2010, p. 17).

A seguir, pode-se visualizar, uma síntese dos fundamentos teóricos que orienta o uso de mapas conceituais buscando promover a aprendizagem significativa, a partir desconsiderando o pensamento de Ausubel e Novak.

Untitled 1.png
Figura 1. Qual é o quadro teórico que orienta o uso de mapas conceituais para promover a aprendizagem significativa? Legenda: teoria de Ausubel (caixas brancas) e teoria de Novak (caixas brancas sombreadas). Fonte: Cicuto (2013).

O CmapTools permite um estudo que mobiliza os saberes dos estudantes e reorganiza os processos de leitura e estudo para a elaboração dos mapas conceituais. O programa apresenta uma interface amigável, de fácil navegação e compartilhamento das atividades realizadas.

Exemplo de uma atividade para aplicação do software:

Ao considerar que “a criação do método de elaboração de mapas conceituais para registrar a compreensão individual gera novas oportunidades para estudar o processo de aprendizado e criação de novos conhecimentos” (NOVAK, CAÑAS, 2010, p. 15).

A atividade proposta para elaboração da atividade foi desenvolvida na disciplina de Currículo: Teoria e História do Curso de Pedagogia a Distância da Universidade Federal de Santa Maria, especificamente na Unidade II, descrita a seguir:que pode ser visualizada a seguir:

Untitled 5.png

Apresentação da atividade:

Untitled 3.png

A atividade desta unidade consiste na elaboração de uma mapa conceitual acerca do texto: Currículo e Desenvolvimento Humano.

A atividade pode ser realizada em dupla ou individual.

Para realizar o mapa conceitual faça uso do material selecionado:

https://vanessanogueira.wordpress.com/2016/12/13/material-para-aula-sobre-mapas-conceituais/

O mapa pode ser realizado utilizando um programa de computador como CmapTools  ou outro de sua preferência.

A entrega da atividade vai ser no fórum, assim podemos compartilhar o trabalho com os colegas.

Exemplos das atividades realizadas:

Untitled 1.png

Referências:

AUSUBEL, David P. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano, v. 1, 2003.

AUSUBEL, David P. A aprendizagem significativa. São Paulo: Moraes, 1982.

NOVAK, Joseph D.; CAÑAS, Alberto J. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Práxis Educativa, v. 5, n. 1, p. 9-29, 2010.

CABRAL, Anderson Ricardo Yanzer. Como criar mapas conceituais utilizando o CmapTools Versão 3. x. Guaíba (RS).: Universidade Luterana do Brasil, 2003.

DUTRA, Ítalo Modesto; FAGUNDES, Léa da Cruz; CAÑAS, Alberto J. Uma proposta de uso dos mapas conceituais para um paradigma construtivista da formação de professores a distância. Porto Alegre: UFRGS, 2004.

MIRANDA, Luísa; MORAIS, Carlos. Mapas conceptuais como estratégia de ensino e aprendizagem. In: Actas do X Congresso Galego-Português de Psicopedagogia. Universidade do Minho, 2009. p. 3101-3110.

CICUTO, Camila Aparecida Tolentino et al. Estruturas hierárquicas inapropriadas ou limitadas em mapas conceituais: um ponto de partida para promover a aprendizagem significativa. Aprendizagem Significativa em Revista, v. 3, n. 1, p. 1-11, 2013.

Fonte das imagens: https://pixabay.com/

Educação e Conhecimento

Vamos conhecer um pouco mais sobre a vida e a obra de autoras que influenciam a área da educação:

Sabina Spielrein

De acordo com Cromberg (2008), na década de 20, a psicanalista russa Sabina Spielrein foi uma das primeiras psicanalistas da história, a primeira ser tratada por Jung sem a supervisão de Freud. Sabina atendeu Jean Piaget por seis meses, seis dias por semana, durante as sessões dedicavam o tempo estudando  as origens do pensamento e da linguagem no Instituto de Psicologia Experimental e de Investigação do Desenvolvimento Infantil Jean Jacques Rousseau.  Ao retornar para Rússia em 1923, com o incentivo do governo soviético, Spielrein, criou o jardim da infância psicanalítico, conhecido como Casa Branca. Em 1936, a psicanálise foi proibida pelo estalinismo e em 1942, Sabina foi assassinada com suas duas filhas durante uma ocupação nazista. Cabe considerar que o pensamento de Sabina influenciou pensadores como Vygotsky, Leontiev e Lúria.

Tese: O amor que ousa dizer seu nome: Sabina Spielrein – pioneira da psicanálise
Leia aqui!

Filme: Jornada da Alma (Filme Completo Dublado)
https://youtu.be/HlL5WiKeccE

Entrevista com Renata Udler Cromberg sobre Sabina Spielrein
https://youtu.be/J28Ul_wM8bs

Hannah Arendt

Filme: Hanna Arend (Filme Completo Legendado)
https://youtu.be/LYGVAFKpvXM

Vídeo: Para refletir sobre Hanna Arend
https://youtu.be/EWpnkVJsyEs

Vídeo: Café filosófico: Hannah Arendt: a capacidade de julgar | José Alves de Freitas Neto
https://youtu.be/toVanA_7Y28

Livro: A crise na Educação
http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/otp/hanna_arendt_crise_educacao.pdf 

Nancy Fraser

Artigo: O bolsa família, à luz da Teoria do Reconhecimento de Nancy Frazer, produz a emancipação da mulher?
http://alas2017.easyplanners.info/opc/tl/3208_mariana_frizzera.pdf

Artigo: Justiça e reconhecimento em Nancy Fraser: interpretação teórica das
ações afirmativas no caso brasileiro
http://www.cp2.g12.br/ojs/index.php/PS/article/download/606/519

Entrevista com Nancy Fraser
https://lavrapalavra.com/2016/09/23/entrevista-com-nancy-fraser/

Martha Nussbaum

Vídeo: Martha Nussbaum
https://www.youtube.com/watch?v=CphgXaGjAeg

Entrevista: Por que a democracia precisa das humanidades?
https://www.fronteiras.com/artigos/por-que-a-democracia-precisa-das-humanidades

NUSSBAUM, Martha. Capacidades e Justiça SocialDeficiência e Igualdade. Brasilia: Letras Livres. 2010.

NUSSBAUM, Martha C. Educação para o lucro, Educação para a Liberdade. Revista Redescrições – Revista on line do GT de Pragmatismo e Filosofia Norte-americana. Ano I, número 1, 2009.

Marilena Chaui

 

 

 

 

 

Vídeo: Espaço, tempo, mundo virtual | Marilena Chauí
https://youtu.be/4Qj_M6bnE-Y

Vídeo: Marilena Chaui: Sociedade autoritária, ética e violência no Brasil
https://youtu.be/YB3SnE4RMos

Artigo: Percursos de Marilena Chaui: filosofia, política e educação
http://www.scielo.br/pdf/ep/v42n1/1517-9702-ep-42-1-0259.pdf

Olgaria Matos

 

 

 

 

 

Entrevista com Olgária Matos
http://www.filosofia.com.br/vi_entr.php?id=25

Vídeo: Aceleração do Tempo – Olgária Matos
https://youtu.be/AB_8pKPG8uw

Vídeo: Café Filosófico: Eu que aprenda a levantar – Olgária Matos
https://youtu.be/w8_0mTKa3cc

Mary Del Priore

Vídeo: Na Íntegra – Clarice Cohn e Mary Del Priore – Infância
https://youtu.be/Xa8v6DFdTvo

Vídeo: Mary Del Priore discute educação, cidadania e política
https://youtu.be/x5MtJDO4AmY

Site da autora: http://marydelpriore.com.br/

 

Referências:

CROMBERG, Renata Udler. O amor que ousa dizer seu nome: Sabina Spielrein-pioneira da psicanálise. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo, 2008.

Mídias e Educação #PedagogiaEadUfsm

charge-educac3a7c3a3o6.png

Artigos:

YouTube na Educação o uso de vídeos em EaD – João Mattar

O vídeo na sala de aulaJosé Manuel Morán

YOU TUBE: uma opção para uso do vídeo na EAD – Saulo Caetano e Gilse Morgental Falkembach

Como utilizar vídeos na educação móvel

Vídeos:

Café com Blog – “Como as mídias influenciam no comportamento infantil?”
https://youtu.be/YFKYlSl0p2s

Mídia e Educação – Conexão Futura
https://youtu.be/U8ZsKvRFqxg

Teoria Crítica e a Indústria Cultural
https://youtu.be/mLmw6JaJNlc

 

 

Material para aula de Fotografia e Educação

Material didático:  Fotografia e leituras de mundo: arte e educação

Vídeos:

Ateliê de Fotografia: Um Olhar Sensível para a Infância – André Carrieri

Artigos:

A arte como linguagem um olhar sobre as práticas na educação infantil

Coleção Didática e Práticas de Ensino_Parte II

Interações_onde está a arte na infância

O Grafite e as Artes na Educação Infantil

Material para aula sobre Redes Sociais e Educação #eadtics

social-media-488886_960_720

Artigos:

A antropologia digital é o melhor caminho para entender a sociedade moderna – Daniel Miller