Comunidades virtuais: Um caminho para a inclusão social

A tecnologia hoje está presente no nosso dia-a-dia, já tão real que na maioria das vezes nem notamos sua presença, esse crescimento vem alterando a nossa cultura de forma significativa e re-configurando nossos hábitos e a nossa estrutura social.

A comunicação mediada por computador traz atualmente um novo conceito de comunidade um dos primeiros a definir comunidades virtuais foi Howard Rheingold em The Virtual Community, de 1998, definindo como comunidades virtuais como “agregações sociais que emergem na Internet quando uma quantidade significativa de pessoas promove discussões públicas num período de tempo suficiente, com emoções suficientes, para formar teias de relações pessoais no ciberespaço” gerando a possibilidade de sentir-se parte de um contexto no ciberespaço, aproximando pessoas e criando uma nova forma de construção de conhecimento. A reflexão sobre redes e sua natureza na sociedade humana é, deveras, bastante ampla, encontrando ressonância em todos os campos das ciências. Nesse sentido, é importante referenciar o que pensa CAPRA (1996) sobre esse assunto. Para o autor, a rede é um elemento intrínseco do ser humano, sendo parte da constituição do homem desde seu nascimento até sua morte. A essa idéia se soma a questão virtual que, paulatinamente, vem integrando a humanidade numa nova rede de relações que passa também a ser da nossa constituição e natureza. As comunidades virtuais são, nesse caso, um dos elementos desse fenômeno com explicações que transcendem o entendimento no campo da educação.

O uso de ferramentas como o blog para aumentar a atração pela aula é extremamente interessante, mas também muito complexa principalmente porque não existem receitas prontas de como fazer funcionar de forma eficaz. É um exercício de erros e acertos, mas que não deve ser deixado de lado. O blog é um ambiente aberto, não foi desenvolvido para um uso educacional, mas se afirmamos que a educação deve preparar o aluno para a vida, e oferecer situações que o aluno seja capaz de resolver problemas e fazer escolhas os blogs podem ser um meio de se trabalhar os valores, esse contato com uma comunidade virtual que nos apresenta diversas escolhas, que além do conteúdo a ser desenvolvido podemos aproveitar a tecnologia para aproximar pessoas, que a máquina pode ser utilizada pra expressar sentimentos.

Atrás do computador tem uma pessoa com emoções, medos, angústias, sonhos e conhecimentos a compartilhar. Com o objetivo de preparar o aluno para o mundo, nas diversas formas que ele se apresenta, formando um cidadão capaz de fazer escolhas que contribuam para o crescimento social e diria até virtual, o blog é um dos meios de provocar no aluno um censo crítico, capaz de refletir sobre suas ações, a partir do momento que é levado a fazer escolhas e tornar pública sua opinião como nos diz Nóvoa, “a experiência não é nem formadora nem produtora. É a reflexão sobre a experiência que pode provocar a produção do saber e a formação”.

As comunidades virtuais fazem com que o tempo e o espaço deixem der ser barreiras pra a comunicação alterando o cotidiano, pertencer a uma comunidade requer o sentimento de ligação, de participação. Considerando essa realidade virtual professor e aluno vem utilizando essa forma de socialização pra enriquecer seus conhecimentos, essa será a tendência de formação docente, mudando os estilos convencionais de comunicação.

Vanessa dos Santos Nogueira
Pedagoga
Colunista – Brasil Escola.com

Um comentário sobre “Comunidades virtuais: Um caminho para a inclusão social

  1. Vanessa, parabéns pelos artigos. Atuo com blog educativo como iniciante e ainda estou aprendendo a usar a nova ferramenta. O contato com o processo de aprendizagem, mediado por computador, é instigante e conduz a diversas reflexões. Obrigada pela presença.

    Um abraço!
    Márcia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s